Data atual:18 de setembro de 2020

14 palavras intraduzíveis ilustradas em belas imagens

Não é toda palavra estrangeira que conseguimos traduzir, literalmente, para a nossa língua materna, já que sua estrutura afeta nossos processos cognitivos e a maneira como a gente raciocina e articula as ideias. Já pensou em traduzir a palavra “cafuné” para o inglês? Impossível, a não ser que você desenhe o significado da palavra…

Foi o que fez a artista britânica Maria Tiurina na série chamada “Palavras Intraduzíveis” (Untranslatable Words). São 14 ilustrações de palavras de diferentes idiomas, incluindo a palavra cafuné. É pra inglês ver!

Este é um post do ótimo site Razões para Acreditar

Cafuné, do Português brasileiro: O ato de ternura dos dedos correndo pelos cabelos de alguém.

Cafuné, do Português brasileiro: O ato de ternura dos dedos correndo pelos cabelos de alguém.

Gufra, do Árabe: Quantidade de água que você pode segurar nas mãos.

Gufra, do Árabe: Quantidade de água que você pode segurar nas mãos.

Schlimazl, do Ídiche: Uma pessoa com azar crônico.

Schlimazl, do Ídiche: Uma pessoa com azar crônico.

Duende, do Espanhol: O misterioso poder que uma obra de arte tem e que toca as pessoas profundamente.

Duende, do Espanhol: O misterioso poder que uma obra de arte tem e que toca as pessoas profundamente.

Tingo, do Pascuense: O ato de pegar todos os objetos que você gosta do seu amigo, gradualmente, pedindo emprestado.

Tingo, do Pascuense: O ato de pegar todos os objetos que você gosta do seu amigo, gradualmente, pedindo emprestado.

Kyoikumama, do Japonês: Uma mãe que fica em cima do filho para que ele tenha um bom desempenho acadêmico.

Kyoikumama, do Japonês: Uma mãe que fica em cima do filho para que ele tenha um bom desempenho acadêmico.

Torschlusspanik, do Alemão: Medo de que diminua as possibilidades conforme a idade passa.

Torschlusspanik, do Alemão: Medo de que diminua as possibilidades conforme a idade passa.

Palegg, do Norueguês: Qualquer coisa que você pode colocar em uma fatia de pão.

Palegg, do Norueguês: Qualquer coisa que você pode colocar em uma fatia de pão.

Age-Otori, do Japonês: Quando você fica pior do que estava antes de cortar o cabelo.

Age-Otori, do Japonês: Quando você fica pior do que estava antes de cortar o cabelo.

Luftmensch, do Ídiche: Refere-se a alguém que é sonhador. Significa literalmente: pessoa aérea.

Luftmensch, do Ídiche: Refere-se a alguém que é sonhador. Significa literalmente: pessoa aérea.

Baku-Shan, do Japonês: Uma garota que é bonita desde que você só a veja de costas.

Baku-Shan, do Japonês: Uma garota que é bonita desde que você só a veja de costas.

Schadenfreude, do Alemão: Aquela sensação de prazer ao ver a desgraça alheia.

Schadenfreude, do Alemão: Aquela sensação de prazer ao ver a desgraça alheia.

Tretar, do Sueco: É o segundo refil, ou melhor, a terceira vez que você repete.

Tretar, do Sueco: É o segundo refil, ou melhor, a terceira vez que você repete.

L’appel Duvide, do Francês: “A chamada do vazio” seria a tradução literal, mas tem sua melhor descrição seria sobre o instinto de pular do alto de prédios.

L’appel Duvide, do Francês: “A chamada do vazio” seria a tradução literal, mas tem sua melhor descrição seria sobre o instinto de pular do alto de prédios.

Arnold_rez

Estudante nas horas vagas e blogueiro em tempo integral. Fã de esportes e incrivelmente nerd ao que se trata do Batman. Gosto de escrever e compartilhar coisas interessantes para pessoas como eu, interessantes. :v