Data atual:27 de outubro de 2020

Um pouco sobro o Antigo Egito

Publicidade:

No quarto milênio antes da Era Comum, florescia nas margens do Rio Nilo, na África, uma das civilizações mais fascinantes da história. A civilização egípcia se formou a partir da mistura de vários povos, como hamíticos, semitas e núbios. E as pequenas comunidades nas margens do rio se dedicavam especialmente à agricultura. Ainda por volta do ano 4000 antes de Cristo, formaram-se dois reinos: o do Baixo e o do Alto Egito. 800 anos depois, Menés, governante do Alto Nilo, unificou os dois reinos e se tornou o que para muitos é o primeiro faraó. Você vai conhecer algumas curiosidades sobre essa civilização que fascina o mundo até hoje.

Um pouco sobro o Antigo Egito 25

É impossível falar nos Antigos Egípcios e não mencionar as Pirâmides. Você sabia que a famosa Pirâmide de Gizé foi erguida com cerca de 2 milhões e meio de blocos? Cada bloco pesava quase 3 toneladas. Somando tudo, essa maravilha do mundo antigo pesa mais de 6 milhões de toneladas. Estima-se que 30 mil egípcios suaram durante décadas para colocar esses monumentos de pé. A maioria deles trabalhava no corte e transporte dos blocos, mas ao contrário do que muitos pensam, eles não eram escravos, e eram pagos com alimentos  e cerveja. Para conseguir erguer uma estrutura como as Pirâmides, eles tinham que ser muito bons em matemática, mas os egípcios também dominavam outras áreas, como a Astronomia. Prova disso é que as Pirâmides de Gizé estão perfeitamente alinhadas como o Cinturão de Órion.

Os historiadores afirmam que os egípcios acreditavam em mais de duas mil divindades. Havia deuses para tudo o que você pudesse imaginar, até mesmo para as tarefas domésticas. E quem era tratado como um Deus eram os gatos, animais sagrados na cultura egípcia. Eles acreditavam que ter um felino em casa trazia boa sorte para a família.

Um pouco sobro o Antigo Egito 26

Diferentemente de muitas sociedades antigas, as mulheres tinham praticamente todos os direitos que os homens, podendo se casar com que quisessem, divorciar, ter e administrar propriedades. Apenas algumas poucas profissões eram proibidas.

Um pouco sobro o Antigo Egito 27

PUBLICIDADE

Os famosos hieróglifos foram criados pelos egípcios, mas eram usados apenas para artes e documentos oficiais. No dia-a-dia, se usava o hierático, uma forma mais simplificada de escrita. Os egípcios se importavam muito com a vida após a morte, tanto que criaram técnicasde mumificação. Eles estudavam muito anatomia, e descobriram substâncias químicas que podiam preservar um corpo. Após retirar todos os órgãos, exceto o coração, eles aplicavam alguns produtos e o enfaixavam. Depois de um longo processo, o corpo era colocado em um sarcófago. Os faraós eram abrigados nas Pirâmides, e os nobres em túmulos especiais. Os sarcófagos dos faraós eram feitos de ouro com adornos de pedras preciosas. Quanto mais poderoso e rico o faraó, mais luxuoso era seusarcófago. Isso motivou muitos saques ao longo dos séculos, e muito da história egípcia pode ter sido perdida para sempre.

Um pouco sobro o Antigo Egito 28

Um mito bastante popular diz que as tropas de Napoleão Bonaparte foram as responsáveis por quebrar o nariz da Esfinge. No entanto, há registros de que o dano tenha acontecido muito antes da chegada dos franceses.

Um pouco sobro o Antigo Egito 29

Afim de impedir que moscas pousassem nele, o faraó Pepi II (Segundo), sempre mantinha escravos nus por perto, com os corpos inteiros lambuzados de mel. As crianças egípcias não usavam nenhum tipo de roupa até se tornarem adolescentes. As altas temperaturas tornavam o vestuário desnecessário. Os homens adultos se vestiam com saias, e as mulheres usavam vestidos.

Um pouco sobro o Antigo Egito 30

O faraó Ramsés Segundo teve 8 esposas oficiais e cerca de 100 concubinas. Ele tinha mais de 90 anos quando morreu.

Hoje, o Egito é a terra dos mistérios, superstições e da arqueologia e, apesar da constante instabilidade religiosa, política e social, sua rica história atrai turistas do mundo inteiro.

Publicidade: