Data atual:24 de novembro de 2020

Um Pouco sobre a Noruega

Publicidade:

Paisagens gélidas, fiordes, montanhas e fenômenos de tirar o fôlego se unem para completar as muitas maravilhas da Noruega, país nórdico que também é lembrado pela herança deixada pelos vikings, e pela força da indústria da pesca. Não bastassem todas as belezas naturais desse canto do extremo norte da Europa, os noruegueses ainda podem se orgulhar de serem um dos países mais desenvolvidos do mundo, liderando por muitos anos o Ranking Global de IDH.

A beleza e a fama da Noruega vêm da união entre a história do país, sua cultura e suas paisagens. Berço dos vikings, que marcaram grande parte da história europeia, o lugar guarda até hoje muitas heranças de seus antigos habitantes. Com água por todos os lados, o território norueguês mantém até hoje em seu DNA a presença da navegação e da pesca, tudo em isso em um cenário repleto de montanhas de tirar o fôlego. A Noruega é uma raridade geográfica porque sua extensão de norte a sul lhe confere uma das maiores variedades de ambientes em uma única região – de florestas decíduas a tundras árticas.

Um Pouco sobre a Noruega 32

Deveria ser um lugar muito mais frio e gelado do que é, mas suas temperaturas são um tanto reguladas pelas correntes relativamente quentes do Atlântico. Sua costa é cortada por fiordes que foram esculpidos por enormes geleiras e mantos de gelo durante a última era glacial, dando ao seu acidentado litoral um encanto ainda mais majestoso.

Um Pouco sobre a Noruega 33

Exuberantes e surreais, é fácil de entender por que essas maravilhas são os destinos preferidos dos turistas que chegam aqui. Muitos desses fiordes deslumbram com as suas cataratas e vilas encantadoras perdidas entre montanhas que parecem não ter fim. De fato, a paisagem aqui é o sonho de qualquer fotógrafo.

Um Pouco sobre a Noruega 34

Prova disso é Trolltunga, um dos penhascos mais épicos do mundo, pairando 700 metros acima de um lago tão azul que chega a brilhar. E para os mais aventureiros ainda, essa ponte de pedra é uma pedida que não pode ser recusada. Estamos no país dos fiordes, mas também há lagos e ilhas com fartura. A natureza aqui é rainha e senhora, e o arquipélago de Lofoten também se perfila para fazer jus à uma paisagem incomparável.

Um Pouco sobre a Noruega 35

Vilas de pescadores das ilhas estão rodeadas de uma beleza quase etérea. Assim como acontece em alguns países próximos, a Noruega também foi presenteada com o fenômeno conhecido como ‘sol da meia-noite’. No arquipélago de Svalbard, entre os meses de abril e agosto, o Sol nunca deixa de brilhar no céu. São 24 horas de luz. Em qualquer altura do ano é preciso ter em conta a amplitude da variação das temperaturas – que oscila entre os 30 graus no verão e os 30 graus negativos no inverno. Frios e escuros, os invernos noruegueses são desafiadores, mas, com sorte, podem dar um vislumbre de um dos maiores espetáculos da natureza: a aurora boreal. Essas luzes brilhantes e dançarinas criam uma visão inigualável.

Publicidade:

Um Pouco sobre a Noruega 36

E ainda que seja possível enxergar o fenômeno em grande parte da região norte do país, os guias de turismo são quase unânimes em apontar a cidade de Tromso como o melhor palco para o espetáculo. Conhecida como a “capital da aurora”, essa é a maior cidade da região norte, e é também a que oferece maior comodidade, estrutura e conforto para os turistas que viajam ao país em busca dessa experiência única. E se você pensa que em Tromso atingiu o pico do mundo, está enganado. Os domínios polares do arquipélago de Svalbard estão mil quilômetros acima! Um dos lugares habitados mais isolados do planeta, esse arquipélago também abriga o bunker do apocalipse, que conserva milhões de sementes prontas para serem usadas em caso de uma catástrofe global. Voltando ao território continental, as experiências são infinitas.

A Noruega é um dos poucos lugares onde você pode se hospedar em um hotel de gelo. Mais do que isso, há uma série de opções de hotéis temáticos que usam a natureza única para proporcionar uma experiência ainda mais marcante aos turistas. E se a sua praia é o turismo histórico, a Noruega também pode ser um excelente destino. Com uma história rica, o país está repleto de monumentos, cidades e eventos tradicionais que ajudam a contar a sua importância histórica. Entre os principais museus noruegueses vale destaque é o de Alta, que conta com inscrições rupestres que datam de 7 a 2 mil anos antes de Cristo.

Um Pouco sobre a Noruega 37

Também é possível encontrar museus que lembram a cultura viking, entre eles o Coastal Heritage, que permite que você conheça de perto a genialidade dos dracares, embarcações de guerra usadas pelos antigos nórdicos, sobretudo nas invasões à Grã Bretanha.

Um Pouco sobre a Noruega 38

Além de todas as paisagens estonteantes e destinos turísticos incríveis, a Noruega ainda conta com o maior índice de desenvolvimento humano do mundo. Vários fatores a colocam no topo do ranking, mas entre eles podemos destacar a qualidade de vida, a distribuição de renda e a longevidade dos noruegueses. Para se ter uma ideia, se no mundo inteiro a longevidade média é de cerca de 66 anos para os homens e 68 para as mulheres, os noruegueses podem se gabar de viver, em média, 82 anos.

Um Pouco sobre a Noruega 39

Reflexo, entre outras coisas, da tecnologia e da qualidade do sistema de saúde do país. O estudo também é levado muito a sério por aqui, e uma das principais provas disso é que cada norueguês passa, em média, 18 anos de sua vida estudando e se aperfeiçoando em alguma habilidade.

E se você já está começando a pensar em planejar uma viagem para a Noruega, aí vão algumas dicas e curiosidades que podem ser bastante úteis. Apesar do idioma oficial do país ser o norueguês, o que pode  complicar um pouco a comunicação, uma parte bem considerável da população é fluente em inglês. Isso porque o idioma é ensinado nas escolas, e é praticamente um requisito básico para qualquer atividade profissional. Mas toda esses bons índices tem um preço.

Um Pouco sobre a Noruega 40

Oslo, capital e cidade mais importante, apresenta um dos custos de vida mais altos do mundo, reflexo do desenvolvimento do país e do padrão de vida de seus habitantes. Com tudo isso em mente, nem é preciso dizer que esse é um belíssimo destino a ser levado em consideração para aqueles que têm condições de conhecer esse incrível paraíso no norte europeu.

Publicidade: