Data atual:27 de outubro de 2020

3 dos Objetos mais velozes já Desenvolvidos pelo Homem

Publicidade:

Quando você pensa em velocidade, o que você imagina? Super-carros que custam milhões de dólares? Trens que andam quase tão rápidos quanto aviões? Jatos militares capazes de romper a barreira do som? Bem, a verdade é que desde o advento da industrialização, a humanidade sempre se esforçou para desenvolver veículos e equipamentos cada vez mais velozes. Seja para permitir viagens mais rápidas, por  pura paixão à velocidade ou qualquer outro fim, ao longo do tempo várias máquinas  incrivelmente velozes já surgiram, superando todos os limites que se possa imaginar.

1- CONCORDE (2.179 KM/H)

3 dos Objetos mais velozes já Desenvolvidos pelo Homem 19

Por 30 anos fugazes durante o século 20, as viagens aéreas comerciais supersônicas foram uma realidade. Mas em outubro de 2003, essa era chegou a um fim abrupto, muito por causa de seus elevados custos de manutenção e ruídos que fazia quando quebrava a barreira do som, podendo alcançar 2.179 km/h a 18 mil metros de altitude, onde praticamente não havia turbulência. O Concorde nunca foi o sucesso comercial que seus criadores esperavam. Apenas 20 aviões foram construídos, e o jato supersônico operou em somente duas companhias aéreas – a Air France e British Airways. Mas nem mesmo sua falta de sucesso comercial foi capaz de diminuir seu papel como um ícone da aviação moderna e como uma maravilha tecnológica.

2- LOCKHEED SR-71 BLACKBIRD (3 529 KM/H)

3 dos Objetos mais velozes já Desenvolvidos pelo Homem 20

PUBLICIDADE

 

Durante a Guerra Fria, esse avião podia voar mais alto e mais rápido do que qualquer outro – e 55 anos após seu primeiro vôo, ainda pode. O Lockheed SR-71, projetado em segredo no final dos anos 50, é capaz de cruzar perto da borda do espaço e voar como um míssil. Até hoje, ele detém os recordes de altitude mais alta em vôo horizontal e a velocidade mais rápida para uma aeronave sem foguete. Fazia parte de uma família de aviões espiões construída para se aventurar em território inimigo, sem ser abatido ou mesmo detectado, em uma época anterior aos satélites e drones. A pintura preta, projetada para absorver e dissipar o calor com mais eficiência, ganhou o apelido de Blackbird, e combinada com as linhas elegantes da fuselagem longa, fez o  avião parecer diferente de tudo que havia antes – um design que não perdeu nada de seu brilho. Como a aeronave foi projetada para voar tão rápido, o atrito com a atmosfera circundante aqueceria o avião a um ponto que derreteria uma fuselagem convencional. Então, o jato era feito de titânio, um metal capaz de resistir a altas temperaturas e, ao mesmo tempo, mais leve que o aço.

3- NORTH AMERICAN X-15 (7.274 KM/H)

3 dos Objetos mais velozes já Desenvolvidos pelo Homem 21Ainda o avião mais rápido já voado, o X-15 ganhou seu título há 40 anos, quando em outubro de 1967, o Major da Força Aérea William Knight voou a aeronave movida a foguete a 7.274 km/h, seis vezes mais rápido que o som. Ele foi construído para descobrir como as estruturas, materiais e superfícies de controle das aeronaves funcionariam em velocidades hipersônicas e altitudes muito elevadas. Em 199 voos de pesquisa, o X-15 forneceu essas informações e muito mais. O programa de pesquisas de voo foi reconhecido como o de maior sucesso da história. Os voos do X-15 eram curtos. A autonomia dos motores era muito baixa, em torno de 90 segundos. Após o esgotamento do combustível, a aeronave se tornava um planador supersônico. Ele era carregado sob a asa de um B-52 a 13 mil metros, onde era lançado a uma razão de subida de 1200 metros por segundo. O X-15 ainda tinha tanques adicionais que levavam hélio e nitrogênio líquido, necessários para pressurizar a cabine e refrigerar alguns sistemas do avião.

Publicidade: